Fale conosco + 55 41 999103955

Nossas mídias

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram

© 2019 by Dr Carlos Sperandio. Proudly created with Wix.com

Buscar
  • Carlos Sperandio

Morre Kobe Bryant. Helicóptero, de novo. 

Ah, a Morte, sua grande sacana.

Raríssimas são as vezes que ela vem apropriada. Talvez somente para aqueles muito doentes, ela apareça como uma forma de resetar o jogo da vida. Descansou, dizemos.

Quando chega em pessoas especiais, novas de idade e espírito, que fazem o bem ao usar seu talento esportivo para trazer alegria ao grande público, ela é mais do que sacana. Bandida, ingrata, dolorosa e, até mesmo, mesquinha. Por quê?

Tirou-nos a oportunidade de curtir a lenda por mais um pouco. Abreviou a vida de alguém que certamente produziria mais. E ainda fez levando junto sua filha adolescente, aumentando a nossa dor, típica das tragédias.

Morte por trauma. Traumática como todas as inesperadas. Um dia teremos segurança total? Quem já perdeu alguém próximo no trânsito ou em acidente aéreo sabe da necessidade de avançarmos definitivamente nas políticas de segurança.

Mas e os acidentes aéreos, em especial os com helicópteros? Teria havido componente humano? Como é possível cair tanto helicóptero no mundo???

Aguardemos a elucidação da causa. Relembremos os feitos do atleta e suas lições. A vida continua sendo um sopro para todos nós.

Um dia - sem aviso - nosso helicóptero pode cair. Mesmo sem nunca termos entrado em um. Mais uma grande lição de viver no dia de hoje.

Viva cada dia como sendo o último. Um dia ele será.

RIP blackmamba!

73 visualizações